Uma tragédia que não temos o direito de esquecer

por HUBERT ALQUÉRES

Kassab, Serra e Marrey (ao telefone): solidários numa tragédia que abalou centenas de milhares de pessoas.

Há exatos seis anos, às 18h50 do dia 17 de julho de 2007, o Airbus-A320 da TAM, voo 3054, saiu da pista do aeroporto de Congonhas e explodiu ao colidir com um prédio do outro lado da avenida. 199 pessoas perderam suas vidas e o Brasil se chocou com a maior tragédia aérea de Continuar lendo